Páginas

domingo, 1 de junho de 2014

Planejamento 8: Escreva uma carta aos pais

Nesta oitava etapa do Planejamento, nosso objetivo é escrever uma carta. Não qualquer tipo de carta. Mas uma carta que dê ânimo cristão e que encoraje os pais a ter uma vida de fé!




A carta deve ser escrita para que os pais compreendam a importância da educação cristã que os filhos devem receber deles. Sem os pais, a catequese paroquial não tem força alguma. Os pais precisam ser convencidos disso, e é essa a sua missão! Escrever uma carta é algo muito pessoal. Você não vai encontrar aqui nenhum modelo para se inspirar, mas aqui vão alguns pontos que não podem faltar:

1. Oração: Pessoal e em família. Esse é o ponto mais importante! Os pais devem rezar COM e SEM os filhos. Sem oração não há vida de fé. E se os pais não têm vida de fé, o que os filhos terão como exemplo?

2. Missa dominical: Os pais devem ser lembrados que a Eucaristia nos fortalece e fortalece a nossa vocação.

3. Formação: A catequese continua em casa! Avisem aos pais que eles tem o DEVER de dar formação para os filhos, que isso não é uma tarefa só da paróquia. Convide os pais a estudarem junto com os filhos os documentos da Igreja, o Catecismo, a lerem as Sagradas Escrituras...

4. A Confissão: Não se esqueçam que quanto mais uma pessoa se confessa, mais ela fica atenta aos seus defeitos. E quanto mais atenta aos seus defeitos, maior o empenho em ser melhor, em ser agradável ao próximo e a Deus. Quando a confissão é algo natural para os pais, é natural também para os filhos...

Esses quatro pontos são essenciais, mas há vários outros que você pode abordar também!

Nenhum comentário:

Postar um comentário